Dólar sobe com exterior e julgamento de Lula no radar – Jornal do Comércio

O dólar opera em alta no mercado doméstico nesta terça-feira (23) acompanhando a valorização registrada no exterior em relação ao euro, libra e moedas ligadas a commodities. O ajuste decorre do acordo fechado na segunda-feira (22) no Senado americano para encerrar a paralisação parcial do governo dos Estados Unidos (EUA). O pacto entre republicanos e democratas garante o financiamento do governo Trump até 8 de fevereiro, quando o Congresso terá de votar nova autorização de despesas.

Segundo um operador de câmbio, há compras defensivas também diante do incerto desfecho do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para quarta-feira (24) em Porto Alegre. Já o IPCA-15 de 0,39%, acima do resultado de dezembro (+0,35%), mas abaixo da mediana das apostas do mercado (+0,42%) é monitorado, mas fica em segundo plano, diz.

Às 9h40min desta terça, o dólar à vista subia 0,17%, aos R$ 3,2145. O dólar futuro de fevereiro avançava 0,36%, aos R$ 3,2185. Em Nova Iorque, o euro caía a US$ 1,2246, ante US$ 1,2258 no fim da tarde de segunda. O dólar recuava a 110,41 ienes, de 110,98 ienes no fim da tarde de segunda.

O Dollar Index avançava 0,04%. A moeda americana subia ante dólar australiano (+0,65%), dólar canadense (+0,31%), peso chileno (+0,51%), peso mexicano (+0,86%), rublo russo (+0,20%), lira turca (+0,56%) e rand sul africano (+0,73%).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!