Ouro sobe com dólar mais fraco e possibilidade de guerra comercial – Jornal do Comércio

O contrato futuro de ouro fechou em forte alta nesta quarta-feira (24) em meio a um cenário de enfraquecimento do dólar e com a possibilidade de uma guerra comercial que envolva os Estados Unidos no radar.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de ouro para entrega em fevereiro avançou 1,47%, a US$ 1.356,30 por onça-troy.

Os preços do ouro registraram forte avançando, encerrando a sessão no maior nível desde setembro, à medida que o dólar atingiu novas mínimas depois que o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que uma moeda americana mais fraca era algo positivo para o comércio. De acordo com o principal analista de metais preciosos do HSBC, James Steel, “a fraqueza recente do dólar tem sido chave para o ouro ir mais alto”.

Além disso, a moeda americana caiu ainda mais durante a tarde, com os investidores avaliando a possibilidade de uma guerra comercial envolvendo os EUA. As recentes medidas protecionistas sancionadas pelo presidente americano, Donald Trump, continuam repercutindo. O governo americano defendeu as ações em Davos durante o Fórum Econômico Mundial e fez novas críticas à China. Para Steel, algumas compras de contratos de ouro aconteceram devido à fricção comercial envolvendo Washington. Fonte: Dow Jones Newswires

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!