OMC recomenda que UE mude regras para biodiesel da Indonésia – Valor

SÃO PAULO  –  A Organização Mundial do Comércio (OMC) julgou em um painel que a União Europeia infringiu as regras do órgão ao impor barreiras à importação do biodiesel da Indonésia e recomendou que o bloco altere suas regras.

A recomendação não atendeu totalmente ao pedido da Indonésia, que queria que a UE retirasse as medidas.

Foi a segunda vez que a OMC deu razão a um exportador de biodiesel quanto às políticas antidumping da UE. Em 2016, Argentina ganhou parcialmente um painel.

Desde 2013, a UE impõe taxas antidumping sobre o biodiesel da Indonésia e da Argentina, em decorrência de regras para dificultar a entrada de produtos de países que considera adotar dumping.

O painel aberto a pedido da Indonésia teve início em 2015 e questionou as políticas da UE criadas em 2013. Argentina, Austrália, Canadá, China, Índia, Japão, Noruega, Rússia, Cingapura, Turquia e Estados Unidos atuaram como terceira parte.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!