Petróleo apaga ganhos de mais cedo e fecha em queda com dólar fortalecido – Jornal do Comércio

O petróleo fechou em queda nesta quinta-feira (25), apagando os ganhos de mais cedo, após o dólar se fortalecer durante a tarde. Em Londres, o contrato do Brent para março caiu 0,15%, para US$ 70,42 por barril, na Intercontinental Exchange (ICE). Já o WTI para o mesmo mês, negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex), recuou os mesmos 15%, para US$ 65,51 por barril.

O petróleo vinha se beneficiando das perdas do dólar, quando, mais cedo, o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse que um dólar mais fraco “é bom para o comércio”. No entanto, durante a tarde, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comentou, em entrevista à CNBC, em Davos, que gostaria de ver o dólar mais forte, e ressaltou que a fala de Mnuchin sobre a moeda americana foi interpretada “fora de contexto”.

Com isso, o dólar se inverteu e passou a subir ante as principais moedas, com o DXY, que mede a força da divisa em relação a outras seis, se recuperando para 89,26. O dólar mais forte pressionou o petróleo, que, por ser cotado na moeda americana, se tornou mais caro para investidores estrangeiros.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!