Ouro fecha em queda pressionado por comentários conflitantes do governo Trump – Jornal do Comércio

O contrato futuro do ouro fechou em queda nesta sexta-feira, ignorando o dólar mais fraco em relação às moedas rivais, pressionado por comentários conflitantes do governo dos Estados Unidos sobre a política cambial do país, que provocaram volatilidade no mercado do metal.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de ouro para entrega em fevereiro recuou 0,79%, a US$ 1.352,10 por onça-troy.

Na quinta, o metal amarelo encerrou no maior nível desde agosto de 2016, apoiado pelos comentários do secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, que disse no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que um dólar fraco era bom pro comércio.

A divida americana enfraquecida tende a impulsionar o ouro, uma vez que os contratos ficam mais baratos para investidores de outros países.

O dólar, no entanto, se recuperou na tarde de quinta, quando o presidente Donald Trump disse que quer um dólar forte, provocando a queda do ouro. Nesta sexta, o dólar está queda novamente, ante moedas rivais, mas isso não foi o bastante para dar apoio ao ouro. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!