Todas as Grandes Exchanges Sul-Coreanas de Criptomoedas Falharam no Teste de Privacidade – Portal do Bitcoin

Vector of Internet Security Systems

A Comissão de Comunicações da Coreia do Sul conduziu um levantamento com as principais exchanges de criptomoedas do país e percebeu que elas tinham proteção insuficiente para os dados do cliente. Oito delas foram sancionadas, com 30 dias para resolver seus problemas e proteger seus sistemas.

Todas as grandes exchanges falharam

A Comissão de Comunicações da Coreia do Sul (KCC) anunciou na quarta-feira que multou 8 exchanges de criptomoedas em um total equivalente a R$ 480 mil por violação da Lei de Proteção de Informações Pessoais.

Dez corretoras foram inspecionadas e apenas duas, que não oferecem mais serviços relacionados a criptomoedas, não tiveram problemas.

As 10 empresas pesquisadas foram Upbit, Ripple4y, Coinpia, Youbit, Korbit, Coinone, Coinplug, Eyalabs, Bizcoin e Bizstore, de acordo com Chosun. Bizcoin e Bizstore pararam seus serviços relacionados com criptomoedas durante a pesquisa e foram excluídos da lista. A maior empresa de criptomoedas do país por volume, a Bithumb, foi previamente investigada separadamente.

A multa

O KCC multou a Upbit em 20 milhões de won coreanos (~ R$ 60.000), Ripple4y 15 milhões de won, 15 mil milhões da Coinpia, Eyalabs 10 milhões, 25 milhões de won da Youbit, Korbit 21 milhões, Coinone 25 milhões de won e Coinplug 10 milhões de won.

Bithumb foi sancionada pelo KCC em dezembro. A agência multou a empresa em 60 milhões de won coreanos (R$ 180 mil) por vazamento de dados dos clientes.

 

A Comissão ordenou que todas as exchanges interrompessem imediatamente todas as violações. Elas devem fazer correções dentro de 30 dias e reportar os resultados ao KCC, anunciou a agência. A Comissão também planeja fornecer diretrizes e educação regular para todos funcionários encarregados da proteção de informações pessoais.

Para evitar o acesso não autorizado a dados pessoais, o KCC exige que as exchanges “instalem e operem um dispositivo de controle de acesso, como um sistema de prevenção de intrusão”, escreveu a agência.

As empresas também devem “estabelecer e implementar planos de gerenciamento internos”, incluindo aqueles “relacionados à gestão de carteiras eletrônicas de moeda virtual e chaves criptográficas e à transmissão de transações de moeda virtual”, detalhou o KCC.

Leia Também: Bitcoin Cai US$ 1.000 e Volta a se Aproximar dos US$ 10.000

 

Participe do #1 Congresso Online do Mundo Sobre Bitcoin (GRATUITO), acesse: https://goo.gl/qynvXN

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!