US$ 723 Milhões: Grande Corretora Japonesa de Bitcoin Interrompe Operações em meio a Rumores de Roubo – Portal do Bitcoin

Uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, a japonesa Coincheck, interrompeu todas os saques em meio a rumores de um hack de grande escala. US$ 123 milhões em Ripple foram retirados da carteira nesta sexta-feira, 26 de janeiro, juntamente com uma única retirada de 500 milhões de NEM, com o presidente da fundação da altcoin, Lon Wong, então twitteando “É lamentável que a Coincheck tenha sido hackeada. Mas estamos fazendo tudo o que podemos para ajudar.”

Após a notícia sobre o suposto roubo, o preço da NEM caiu bruscamente, deixando-a 19% negativa nas últimas 24 horas.

Coincheck

À medida que a mídia se reúne fora da sede da Coincheck em Tóquio, os usuários estão tentando descobrir o que aconteceu com a exchange. Os primeiros sinais de que algo errado emergiram depois que US$ 123 milhões de Ripple foram retirados, bem como uma transação de 500 milhões de NEM (XEM) no valor de cerca de US$ 600 milhões no momento. Pouco depois, a empresa japonesa anunciou que interrompeu todos os saques. O endereço de recebimento da ripple já possuía um grande saldo de XRP e, portanto, a retirada poderia ter sido a própria Ripple protegendo seus ativos.

Ainda precisa de confirmação de que a exchange foi hackeada, apesar de um tweet do presidente da NEM confirmando o fato. Em um post em seu blog hoje, a Coincheck escreveu: “O depósito de NEM está atualmente paralizado. Os depósitos feitos na sua conta não serão refletidos no seu saldo e recomendamos que todos os usuários se abstenham de fazer depósitos até que a restrição tenha acabado. Pedimos sinceras desculpas pela inconveniência que isso causou a todos”.

A Coincheck atualizou mais tarde sua postagem no blog várias vezes para anunciar, em primeiro lugar, que interrompeu a compra e venda de NEM, depois as retiradas de NEM, todas as compras em criptomoedas e, finalmente, todos os pagamentos por cartão de crédito e outras moedas fiat.

Se confirmado o roubo de NEM, isso significaria que cerca de 5% da oferta total foi roubada.

Leia Também: Os Maiores Roubos de Criptomoedas

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!