Criptomoedas – Análise Semanal [15-21 Jan 2018] – Portal do Bitcoin

Este relatório apresenta dados sobre as alterações nas criptomoedas e no mercado de ICOs durante 2017-2018, com ênfase especial na análise das mudanças ocorridas desde o início de janeiro de 2018, inclusive durante a última semana (15-21 de janeiro de 2018).

1. Análise geral de criptomoedas e de ativos digitais (por semana, mês, trimestre). Tendências de mercado.

1.1 Análise geral de criptomoedas e análise do mercado de ativos digitais (por semana, mês).

Tabela 1.1. Tendências na capitalização do mercado de criptomoedas e principais criptomoedas de 1 de novembro de 2017 a 14 de janeiro de 2018

Durante o período analisado (15 a 21 de janeiro de 2018), de acordo com os dados da coinmarketcap.com (a partir de 00:00 UTC), houve queda na capitalização de mercado em -15,3% (ver Tabela 1.1) e em todas as criptomoedas nos Top 20 por capitalização, exceto NEO (+ 2,06%). A queda nos preços das criptografia-chave foi igual a: Bitcoin (-10,3%), Ethereum (-17,3%), Ripple (-23,68%), Bitcoin Cash (-24,3%), Litecoin (-18,9%), NEM (-21,29% ), Cardano (-19,58%), Estelar (-21,27%). Alguns dos motivos dessas mudanças no mercado de criptomoedas durante a semana passada são apresentados na Tabela 1.3.

O domínio das quatro e oito maiores criptomoedas a partir de 21 de janeiro de 2018 é igual a 67,3% e 75,3%, respectivamente.

Durante a última semana, o índice Smith + Crown caiu de 33,556 para 29,217.

Durante o período de 15 a 21 de janeiro de 2018, a capitalização total do mercado flutuou em quase $ 300 bilhões (de $ 714 bilhões para $ 417 bilhões, ver figura 1). Durante a semana anterior (8 a 14 de janeiro de 2018), a flutuação foi igual a $ 200 bilhões (de $ 830 bilhões para $ 630 bilhões, ver a análise anterior). Em 21 de janeiro, a capitalização situa-se na faixa de $ 550 bilhões para $ 630 bilhões.

Figura 1. Tendências da capitalização de mercado total de criptomoedas durante o período de 15 a 21 de janeiro de 2018

O mercado de criptomoedas está crescendo muito rápido, o que significa que os ajustes estão sendo feitos constantemente. Por exemplo, durante dezembro de 2017, a capitalização do mercado de criptomoedas dobrou, de $ 305 bilhões para $ 610 bilhões, mas um ajuste descendente de $ 215 bilhões foi observado em vinte e quatro horas de 21 a 22 de dezembro de 2017 (de $ 650 bilhões para $ 435 bilhões ). O mercado posteriormente recuperou $ 610 bilhões até o final de 2017, e no início de janeiro já havia atingido um recorde de $ 830 bilhões.

Como estamos vendo, após um período de crescimento intensivo, o mercado de criptomoedas está sujeito a fortes flutuações. Isso está relacionado com uma série de notícias sobre processos regulatórios na Coréia do Sul, um país onde os volumes de negociação aumentaram consideravelmente ao longo dos últimos seis meses. Por exemplo, as duas maiores bolsas sul-coreanas, Upbit e Bithumb, representam cerca de 30% de todo o comércio global de criptomoedas (de acordo com os dados da coinhills.com, que leva em consideração o volume de negociação de mais de 100 criptoexchanges). A taxa de bônus é de cerca de um milhão de usuários por dia, com 120 moedas disponíveis para negociação. As 10 principais criptomoedas por volume comercial em 24 horas em 21 de janeiro de 2018, são dados na figura 2.

Figura2 . 10 maiores criptoexchanges por volume de mercado em 24 horas em 21 de janeiro e 2018.

Por esta razão, as notícias incertas e negativas para o mercado de criptomoedas provenientes da Coréia do Sul arrastaram o mercado inteiro de criptomoedas para baixo. Uma situação semelhante foi observada em setembro de 2017, quando as exchanges foram fechados na China, resultando em sua deslocalização da China para o Japão. No entanto, como estamos vendo, o mercado de criptomoedas recupera-se rapidamente. Os recursos operacionais especiais de algumas trocas também devem ser observados, por exemplo, no mercado de criptomoedas de débito Upbit: “O Upbit é operado importando moedas listadas na exchange americana Bittrex, que é diferente de uma exchange doméstica típica. É incerto se as regulamentações como outras exchanges podem ser aplicadas”.

Outra fonte bastante interessante de informações sobre o volume de negócios em criptoexchanges é https://bitmakler.net/birzha (figura 3). Este site mostra dados para 319 criptoexchanges, mas os volumes de negociação só são levados em conta para 34 deles.

Figura 3. Top 10 criptoexchanges por volume de negócios em 24 horas em 21 de janeiro de 2018. Data source: bitmakler.net

Um hard fork chamado EtherZero (ETZ) ocorreu na rede Ethereum no bloco 4936270 em 19 de janeiro de 2018. Conforme mencionado anteriormente, cada ETH será igual a 1 ETZ e 20 milhões de ETZ serão reservados para desenvolvimento subsequente. Todos os titulares de ETH receberão o mesmo número de ETZ. Esta notícia não teve muito efeito sobre o preço mesmo antes do hard fork, com o preço do ETH caindo entre 16 a 17 de janeiro de 2018, assim como o resto do mercado de criptomoedas. Ao mesmo tempo, a rede ETH começou a enfrentar certas dificuldades relacionadas ao aumento significativo do número de transações, o que levou a um aumento dos tempos de processamento. O comércio diário do Ethereum Classic (ETC) atingiu $ 8-9 bilhões. Em 17 de janeiro, os intercâmbios Bitstamp e KuCoin anunciaram a interrupção da retirada da criptomoedas devido à instabilidade da rede Ethereum.

Para analisar a atividade de negociação nas exchanges de criptomoedas, o índice ZAK-n Crypto é calculado. Os valores dos índices ZAK-4 Crypto e ZAK-8 Crypto são apresentados nas Tabelas 1.1, 1.2.a e 1.2.b. Por exemplo, em 4 de janeiro de 2018, os volumes de negociação de 24 horas (Volume 24h) para as quatro criptomoedas dominantes (Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Ripple) excederam $ 40 bilhões (Tabela 1.2.a). O valor do ZAK-4 Crypto igualou 8,1%, o que atesta a alta liquidez e o dinamismo do mercado das criptomoedas dominantes. No momento do ajuste a baixa do mercado de criptomoedas (17 de janeiro de 2018), o valor do índice atingiu 9,7%, ou seja, o volume de rotatividade diária em criptomoedas equivalia a quase 10% da capitalização de mercado total.

* Dados de 15 de janeiro de 2018 00:00 UTC | ** Fonte de dados: coinmarketcap.com

Os volumes de negociação em 24 horas (Volume 24h) para as oito criptomoedas dominantes (Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Ripple, Litecoin, NEM, NEO e Cardano) totalizaram $ 18,7 bilhões no final da semana passada (Tabela 1.2.b) ou seja, 3,9% de sua capitalização de mercado. Os índices ZAK-4 Crypto e ZAK-8 Crypto são considerados mais detalhadamente nas Tabelas 1.2.a e 1.2.b.

A Tabela 1.3 mostra os principais eventos que aconteceram de 15 a 21 de janeiro de 2018, influenciando os preços das criptomoedas dominantes e o mercado de criptomoedas em geral, com indicação de sua natureza e tipo de impacto.

1.3. Principais eventos da semana que podem influenciar nos preços de criptomoedas entre 15 a 21 de janeiro de 2018. * O evento já ocorreu.

As tendências de preços do Bitcoin, Ethereum, Ripple e Bitcoin Cash em janeiro de 2018 são dadas nas figuras 4-7.

Figuras 4-7 Mudanças na tendência dos preços

Desde o início de janeiro, os dias 8 de janeiro de 2018 e 16 de janeiro de 2018 podem ser destacados quando os preços da maioria das criptomoedas caíram (ver figura 4-7). Os motivos da queda dos preços foram discutidos anteriormente.

As maiores flutuações diárias de preços desde o início do mês ocorreram em 16 de janeiro de 2018 e igualaram $ 3.648 para a Bitcoin (de $ 13.843 para $ 10.195), $ 417 para Ethereum (de $ 1.292.60 para $ 875.60) e $ 851 para a Bitcoin Cash (de $ 2.407 para $ 1,556). A maior flutuação diária para Ripple foi registrada em 8 de janeiro de 2018 – $ 1,29 (de $ 3,36 para $ 2,07).

A Tabela 1.5 fornece uma lista de eventos, informações sobre as quais apareceu na semana passada, o que poderia afetar as taxas de câmbio de criptomoedas específicas e o mercado em geral.

Tabela 1.5. Eventos que poderiam influenciar as taxas de câmbio de criptomoedas no futuro.

1.2 Tendências de marcado

As tendências semanais de criptomoedas e mercado de ativos digitais de 1 de outubro de 2017 a 21 de janeiro de 2018 são apresentadas como gráficos (Fig. 1.1-1.5) *.

Tabela 1.6 Legendas e descrições das figuras
Figura 1.1 Capitalização de mercado total das criptomoedas

A Figura 1.1 mostra um gráfico da mudança semanal do mercado de criptomoedas de 1 de outubro de 2017 para 21 de janeiro de 2018. Durante esse período, a capitalização de mercado aumentou de $ 146,9 bilhões para $ 597,2 bilhões, um crescimento de 3.274% em relação ao início de 2017. Na primeira semana de janeiro de 2018, a capitalização total de mercado ultrapassou os $ 800 bilhões pela primeira vez, mas durante as duas semanas seguintes (8 a 21 de janeiro de 2018), a capitalização de mercado total diminuiu de $ 822.5 bilhões para $ 597,2 bilhões (a partir de 21 de janeiro de 2018, com base nos números médios  apresentados no coinmarketcap.com).

Figura 1.2 Mudanças na capitalização de mercado

Apesar do crescimento significativo na capitalização de mercado de criptomoedas no terceiro trimestre de 2017 e ao longo de todo o ano, o mercado é sempre suscetível a flutuações súbitas e drásticas. A maior taxa de crescimento no quarto trimestre de 2017 foi de cerca de $ 200 bilhões, ou 54%, durante a semana de 17 a 24 de dezembro de 2017.

Durante a primeira semana de janeiro, a capitalização de mercado aumentou em aproximadamente $ 250 bilhões, ou 44%, mas ao longo das duas semanas seguintes, diminuiu em aproximadamente $ 100 bilhões e $ 130 bilhões, respectivamente (com a devida conta dos dados diários médios, ver fig. 1.2).

Figura 1.3 Número de criptomoedas e ativos digitais

O número total de criptomoedas e ativos digitais listados nas bolsas cresceu desde o início de outubro de 1.091 para 1.444. Seu número aumentou em 53 durante a semana passada, de 1.391 para 1.444. Nesse sentido, ao longo das duas últimas semanas, a média de criptomoedas e a capitalização de ativos digitais diminuiu de $ 607 milhões para $ 413,6 milhões.

Figuras 1.4 e 1.5. Previsão da capitalização de mercado total de criptomoedas

O mercado caiu por duas semanas seguidas, principalmente devido aos eventos na Coréia do Sul. O número de operações com criptomoedas pode diminuir um pouco na Índia em um futuro próximo, devido à introdução de impostos, e a China também pode contribuir para um declínio continuado se estabelecer uma proibição da atividade de todos os serviços de exchanges de criptomoedas no país. No entanto, no Japão, pelo contrário, está prevista uma expansão da distribuição de criptomoedas (um dos maiores bancos planeja lançar um criptoexchange).

A próxima semana provavelmente irá se consolidar como um período de estabilização, a menos que novas medidas para proibir as criptomoedas sejam introduzidas nos EUA, Coréia do Sul e China.

Autores:
Professor Dmitrii Kornilov, Doutor em Economia, Membro da Academia Russa de Ciências Naturais e Leading Analyst at ICOBox (LinkedIn, Twitter); Dima Zaitsev, PhD em Economia, Head of International Public Relations and Business Analytics Department Chief na ICOBox (LinkedInTwitter); Nick Evdokimov, Co-Founder da ICOBox (LinkedinTwitter); Mike Raitsyn, Co-Founder da ICOBox (LinkedInTwitter); Anar Babaev, Co-Founder da ICOBox (LinkedIn, Twitter); Daria Generalova, Co-Founder da ICOBox (LinkedIn);Traduzido por Mikael Araújo (LinkedInTwitter)

 

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!