Justiça do Rio rejeita plano de recuperação judicial de Lojas Leader – Jornal do Comércio

O plano de recuperação judicial da Lojas Leader foi negado pela 3ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O juiz que assina a decisão, Luiz Alberto Carvalho Alves, ainda revogou a tutela antecipada que suspendia as ações e execuções, ou seja, os credores que se manifestaram contra a homologação do plano voltam a ter o direito de exigir os seus créditos.

O juiz destaca, em sua decisão, que o plano não apresenta uma base segura para o cumprimento do quórum exigido por lei de 3/5 dos créditos submetidos ao plano. Ainda segundo o juiz, o plano trata de forma desigual os credores concursais aderentes e não aderentes quanto o prazo e valor a ser pago.

Em seu pedido, a Leader informa que foi atingida pela grave crise que afeta os setores econômicos, especialmente de venda a varejo.

A varejista pertencia ao BTG e foi vendida para a Legion Holdings, sociedade de investimentos pelo advogado Fábio Carvalho e especializada em reestruturação de empresas, pelo valor simbólico de R$ 1,00 em 2016.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!