Presidente do Starbucks Não Acredita no Futuro do Bitcoin Embora Acredite nas Moedas Digitais – Portal do Bitcoin

Bitcoin não é uma moeda “legítima”, mas uma outra moeda digital poderia fazer parte de um futuro sem dinheiro, foi o que disse o presidente executivo do Starbucks, Howard Schultz.

Schultz fez esta previsão durante uma conferência na quinta-feira, enfatizando – como os executivos mainstream frequentemente fazem – que o blockchain pode ser alavancado fora das aplicações baseadas em criptomoedas.

“Eu não acredito que o bitcoin vai ser uma moeda hoje ou no futuro”, disse Schultz durante a teleconferência, cujo áudio pode ser encontrado no site do Starbucks. “Estou falando sobre … a possibilidade do que poderia acontecer – não no curto prazo, mas dentro de alguns anos – com uma aplicação para o consumidor em que há confiança e legitimidade em relação a uma moeda digital”.

O ex-proprietário da Seattle Supersonics enfatizou que o Starbucks não está planejando lançar sua própria moeda digital, como a Kodak e o Burger King na Russia fizeram nos últimos meses.

Em vez disso, ele disse que o crescente interesse dos consumidores em opções de pagamento digital torna necessário que empresas como o Starbucks antecipem o comportamento futuro do consumidor.

A empresa atualmente está atualmente testando sua primeira loja sem dinheiro, que está localizada em Seattle. Nela, os clientes consomem e pagam apenas com seus smartphones.

Leia Também: Presidente do UBS Prevê Grande Correção no Preço do Bitcoin

 

Participe do #1 Congresso Online do Mundo Sobre Bitcoin (GRATUITO), acesse: https://goo.gl/qynvXN

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

 

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!