Juro do rotativo do cartão de crédito cai a 334,6% em dezembro, diz BC – Jornal do Comércio

O juro médio total cobrado no rotativo do cartão de crédito caiu 1,0 ponto porcentual de novembro para dezembro, informou o Banco Central nesta segunda-feira (29) por meio da Nota de Política Monetária e Operações de Crédito à imprensa. Com isso, a taxa passou de 335,6% em novembro para 334,6% ao ano em dezembro.

O movimento da taxa do rotativo ocorre sob as novas regras de migração da modalidade, que começaram em abril do ano passado.

O juro do rotativo é a taxa mais elevada desse segmento e também a mais alta entre todas as avaliadas pelo BC. Dentro desta rubrica, a taxa da modalidade rotativo regular passou de 218,3% para 233,8% ao ano de novembro para dezembro. Neste caso, são consideradas as operações com cartão rotativo em que houve o pagamento mínimo da fatura.

Já a taxa de juros da modalidade rotativo não regular passou de 413,5% para 401,4% ao ano. O rotativo não regular inclui as operações nas quais o pagamento mínimo da fatura não foi realizado.

No caso do parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro passou de 168,5% para 169,2% ao ano.

Considerando o juro total do cartão de crédito, que leva em conta operações do rotativo e do parcelado, a taxa passou de 74,2% para 70,8% de novembro para dezembro.

Em abril do ano passado, começou a valer a nova regra que obriga os bancos a transferir, após um mês, a dívida do rotativo do cartão de crédito para o parcelado, a juros mais baixos. A intenção do governo com a nova regra é permitir que a taxa de juros para o rotativo do cartão de crédito recue, já que o risco de inadimplência, em tese, cai com a migração para o parcelado.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!