Reino Unido diz que há alinhamento com a UE em plano do Brexit – Exame

A previsão é de que a transição dure dois anos a partir da saída efetiva do Reino Unido do bloco, em 29 de março de 2019

Por EFE

access_time 29 jan 2018, 16h52

Londres – Um porta-voz da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, afirmou nesta segunda-feira que a União Europeia (UE) está bem alinhada com os planos britânicos para negociar a fase de transição do “Brexit“, a saída do país do bloco.

“Estamos satisfeitos com fato de que a União Europeia tenha mostrado sua posição, que está claramente bem alinhada com a proposta feita pela primeira-ministra em um discurso em Florença (em setembro de 2017)”, disse o porta-voz.

O representante do governo britânico, contudo, reconheceu que deve haver “alguma distância” na postura inicial em relação ao período de implementação do “Brexit”.

A previsão é de que a transição dure dois anos a partir da saída efetiva do Reino Unido do bloco, em 29 de março de 2019.

As diretrizes ratificadas hoje pelos 27 países-membros do bloco autorizam o negociador-chefe da UE, Michel Barnier, a começar o diálogo sobre a transição com o ministro para o “Brexit” do Reino Unido, David Davis.

Davis indicou em uma audiência em um dos comitês da Câmara dos Lordes que espera chegar a um acordo sobre o período de implementação do “Brexit” antes de março.

Uma entidade que reúne empresas britânicas alertou o governo que algumas companhias serão obrigadas a aplicar planos de contingência se os termos da fase de transição não estiverem garantidos em março, 12 meses antes da saída oficial do Reino Unido do bloco.

Durante o período, continuarão sendo aplicadas no Reino Unido as leis europeias e as empresas da região seguirão tendo acesso ao mercado único europeu.

As diretrizes da UE preveem que a transição dure até 31 de dezembro de 2020, três meses antes do pedido pelo Reino Unido.

“Estamos de acordo, não importa que sejam alguns meses a menos”, disse Davis.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!