Tesouro Nacional: qual é o tamanho do déficit fiscal? – Exame

ÀS SETE – O governo divulga nesta segunda-feira o Resultado Primário do Governo Central para o mês de dezembro e do ano de 2017

Por EXAME Hoje

access_time 29 jan 2018, 07h05 – Publicado em 29 jan 2018, 06h36

A Secretaria do Tesouro Nacional divulga nesta segunda-feira o Resultado Primário do Governo Central para o mês de dezembro e do ano de 2017.

O documento reúne as contas do Tesouro, da Previdência Social e do Banco Central. Nele que se faz referência o déficit fiscal do governo, previsto neste ano para 159 bilhões de reais.

A expectativa, contudo, é de que o rombo seja menor, de 129 bilhões de reais. A chefe da pasta, Ana Paula Vescovi dará entrevista coletiva sobre o relatório às 15 horas, em Brasília.

Até novembro, em 12 meses, o governo central havia apresentado um déficit de 167 bilhões, ou 2,52% do PIB.

As previsões anteriores, baseadas nos dados disponíveis, fizeram a equipe econômica admitir o aumento do déficit de 139 bilhões para 159 bilhões de reais. Nos 11 primeiros meses de 2017, as contas registravam prejuízo de 101,9 bilhões, pior desempenho da série histórica.

O alívio veio com a melhora de arrecadação justamente no último mês de 2017, além de superávits em outubro e novembro.

Em outubro, houve receita especial com o Imposto de Renda trimestral das instituições financeiras e fim do pagamento da primeira parcela do décimo terceiro dos beneficiários do INSS. O resultado positivo foi de 5,1 bilhões de reais.

Em novembro houve um reforço de caixa de 12 bilhões de reais com os pagamentos referentes ao leilão de hidrelétricas.

O governo central ficou no azul com saldo de 1,35 bilhão de reais no mês, melhor desempenho para o mês desde 2013. Naquele ano, porém, o superávit foi de 28,9 bilhões de reais, um indicativo da gravidade das contas.

Nem mesmo uma surpresa positiva nas contas apaga o déficit feroz nos cofres públicos, algo que só a reforma da Previdência daria alívio. Uma vitória no Congresso é um episódio decisivo para que o governo não fique em frangalhos em 2019.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!