Volume de cheque devolvido cai em 2017 ao nível mais baixo em 4 anos, diz Serasa – Jornal do Comércio

O volume de cheques devolvidos pela segunda vez por falta de fundo atingiu 2% no total compensado no País em 2017, de acordo com a Serasa Experian. O resultado é o mais baixo dos últimos quatro anos, retornando ao nível de 2013, segundo a entidade.

Em dezembro, o porcentual de devoluções foi de 1,96% na comparação com 1,93% em novembro do total de cheques movimentados. Em relação a dezembro de 2016, quando fora de 2,25%, houve queda.

Segundo os economistas da Serasa, a retomada do crescimento econômico, o alívio na inflação e a queda na taxa básica de juros, além do recuo gradual do nível de desemprego ajudaram a reduzir a inadimplência com cheques em 2017.

A região Nordeste liderou o ranking de devoluções de documentos pela segunda vez por falta de fundo, com 3,92%, enquanto o Sul do País apresentou o menor porcentual, com 1,65%, de janeiro a dezembro do ano passado.

Entre os Estados, o Amapá ficou em primeiro lugar, com 15,42% de cheques devolvidos em 2017. Já São Paulo registrou o menor porcentual, de 1,59%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!