Ilan: É preciso fazer a reforma enquanto cenário global está favorável – Valor

SÃO PAULO  –  O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, voltou a defender a reforma da Previdência e afirmou que é preciso aprová-la enquanto o cenário global é favorável. As observações foram feitas durante um evento promovido pelo banco Credit Suisse.

Ele também destacou que há uma tendência de queda das metas de inflação, fixadas em 4,5% para 2018, 4,25% para 2019 e 4% para 2020. Ele afirma que em junho serão definidas novas metas para 2021.

Ilan, no entanto, lembrou que existem riscos em relação à inflação. O principal deles, segundo o presidente, vem de fora. “A gente tem que saber escolher os riscos que consideramos mais prováveis”, afirmou.

Os mais prováveis, segundo o dirigente do BC, era a ideia de ter um cenário internacional desfavorável. “Na nossa cabeça, é uma atividade forte internacional que venha a elevar a inflação e tirar o juro baixo do cenário global”, disse. “Esse é o risco que considero mais importante.”

Um segundo risco é que a inflação continue abaixo da meta, que seria um “risco benigno”.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!