Municípios gaúchos ganham melhorias em água e estradas – Jornal do Comércio

O governo do Estado anunciou, ontem, a inclusão de cerca de 150 municípios gaúchos em programas que pretendem melhorar o fornecimento de água e as condições das estradas. O primeiro convênio assinado foi para a construção de redes de água (que levam o recurso natural até as torneiras das casas) e de redes pluviais (que fazem o escoamento da chuva). No total, 17 municípios serão beneficiados. “Significa levar água encanada a mais de mil famílias que moram em zonas rurais. As pessoas até nem acreditam que hoje, ainda, têm locais, especialmente no campo, que sequer têm rede de água”, afirmou o secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira.

O investimento total é de R$ 2.147.119, sendo que a maior parte – R$ 1.728.059 – é do Estado, mais especificamente do Fundo Estadual de Recursos Hídricos, gerido pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O governo gaúcho repassa a verba às prefeituras, que completam o valor, contratam a empresa e fiscalizam a obra.

O segundo anúncio, feito pelo governador José Ivo Sartori ontem pela manhã, foi a construção de 979 microaçudes em 99 municípios, cujo objetivo é melhorar a infraestrutura das pequenas propriedades, incentivando a agricultura familiar, aumentando a rentabilidade das famílias e, assim, estimulando a permanência delas no campo. A iniciativa faz parte do Programa de Apoio e Ampliação da Infraestrutura Rural, da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo. A Emater elaborou os projetos dos microaçudes, que poderão armazenar de 4 mil a 5 mil metros cúbicos de água. O valor destinado é de R$ 5.507.168. O dinheiro também vem do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.

Além disso, melhorias nas estradas também fizeram parte do anúncio. Sartori fez um ato simbólico de entrega das leis de transferência de trechos de rodovias e doação de áreas do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Essas leis partiram de projetos do Executivo, já foram votadas e aprovadas na Assembleia Legislativa e sancionadas e publicadas no Diário Oficial do Estado no fim de 2017. Dos 34 municípios contemplados hoje, 21 receberam trechos rodoviários até então estaduais, 10 ganharam doações de áreas que até então eram do Daer e ainda houve um caso de federalização, o da ERS-101. Para o secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen, a medida atende a pedidos de prefeitos. “Os municípios ganham mais liberdade para atender a população, foi um pedido dos prefeitos. Por exemplo, para fazer uma ciclovia”, esclarece.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!