BNDES inicia estudos para privatizar a Cedae – Exame

Rio de Janeiro – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou na terça-feira, 30, que iniciou no dia 26 de janeiro os estudos para privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), e que o objetivo é elaborar um modelo de parceria público-privada para a estatal.

“Os estudos terão a participação, em todas as suas fases, de técnicos da Cedae e do governo do Rio”, informou o BNDES em nota.

Os estudos estão sendo conduzidos por um consórcio liderado pelo Banco Fator, com a participação da Concremat Engenharia e Tecnologia e do escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados (VG&P), que receberão R$ 6,7 milhões pelo trabalho, segundo o banco.

O consórcio terá sete meses para apresentar a proposta de venda da empresa, que ainda terá que ser aprovada pelo governo do Rio de Janeiro, que, por sua vez acompanhará todo o processo e terá que aprovar as fases intermediárias do estudo.

Na última sexta-feira, a equipe do BNDES fez uma apresentação do processo para o Conselho de Administração da Cedae, que receberá relatórios mensais sobre o andamento dos estudos de modelagem, informou o BNDES.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!