Bovespa retoma ganhos com exterior positivo e nova derrota de Lula – Jornal do Comércio

Após dois dias de realização pontual de lucros de curto prazo, a Bovespa volta a subir nesta quarta-feira, (31), amparada pelo otimismo que prevalece no pré-mercado em Wall Street. Internamente, o mercado recebe bem uma nova derrota sofrida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que teve rejeitada a liminar que tinha como objetivo barrar a execução da pena de 12 anos e um mês de prisão no âmbito da Operação Lava Jato – conforme determinou o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) na semana passada.

Às 10h35min desta quarta (31), o Ibovespa avançava 1,41%, aos 85.677,36 pontos. Entre os destaques estavam as units do Santander, que subiam 3,11%, impulsionadas pelo balanço do quarto trimestre do banco divulgado na terça-feira (30).

Em Nova Iorque, os índices futuros das bolsas subiam firme reagindo ao discurso do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Em tom considerado conciliatório, o republicano destacou feitos de seu governo no campo econômico, como a reforma tributária que reduz impostos corporativos de 35% para 21%, além de exaltar um plano de investimentos em infraestrutura da ordem de US$ 1,5 trilhão.

No mercado de câmbio local, o dólar à vista no balcão aprofundava a queda neste mesmo horário, negociado a R$ 3,1484, na mínima (-1,00%), em meio à pressão de vendidos na disputa pela última Ptax do mês. O movimento também é alinhado ao viés negativo do exterior. A moeda para março, agora a mais negociada, estava cotada a R$ 3,16 (-1,05%).

Na renda fixa, os juros futuros mantinham o viés de baixa, acompanhando a queda do dólar ante o real. Por volta das 10h40min, o DI para janeiro de 2021 estava a 8,78%, de 8,81% no ajuste de terça (30).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!