Lucro do Facebook sobe 20% no 4º trimestre, mas vem abaixo das previsões – Jornal do Comércio

O Facebook apresentou lucro líquido de US$ 4,27 bilhões no quarto trimestre do ano passado, o equivalente a US$ 1,44 por ação, representando um aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando o ganho foi de US$ 3,57 bilhões, ou US$ 1,21 por ação. O resultado veio abaixo do esperado por analistas consultados pela FactSet, que previam lucro de US$ 1,94 por ação. Em todo o ano, a gigante das redes sociais apresentou ganho de US$ 15,93 bilhões.

A receita da companhia no período entre outubro e dezembro foi de US$ 12,78 bilhões, um avanço em relação à receita de US$ 8,63 bilhões registrada no mesmo período de 2016. Analistas consultados pela FactSet esperavam que a receita mostrasse avanço menor, de US$ 12,55 bilhões. Em todo o ano de 2017, a receita da companhia foi de US$ 39,94 bilhões.

De acordo com o Facebook, o número de usuários ativos diários foi de 1,40 bilhão em dezembro, um avanço de 14% na comparação anual, enquanto o número de usuários ativos mensais foi de 2,13 bilhões no fim de dezembro, marcando um avanço de 14% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Como justificativa para o resultado abaixo do esperado no lucro líquido, o Facebook afirmou que a reforma tributária aprovada nos Estados Unidos em dezembro “contém várias disposições fiscais importantes que nos afetaram, incluindo um imposto de transição obrigatório único em lucros acumulados no exterior”. Após não conseguir superar as estimativas do mercado, a ação da companhia recuava 3,02%, a US$ 181,25, no after hours em Nova York.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!