Petrobras está cumprindo as metas de forma consistente, diz Parente – Jornal do Comércio

A Petrobras está cumprindo de forma consistente suas metas e aumentará sua produção em cerca de 30% nos próximos cinco anos, disse o presidente da petroleira, Pedro Parente, nesta quarta-feira (31), na capital paulista. O executivo frisou que enfrentou redução de market share, o que para a empresa foi algo novo, mas que está lidando com o assunto.

“Competição é saudável para o País”, disse ele. “Os preços para a Petrobras também são livres”, afirmou Parente, que participou de conferência promovida pelo Credit Suisse. Ele lembrou que a Petrobras não é formadora de preços, mas tomadora, e que a empresa está hoje reagindo às mudanças de cotação da commodity. “Estamos no jogo de qualquer empresa, um olho na margem e outro no market share”, disse.

Segundo ele, a empresa poderá abrir mão de algum momento de preços para defender o market share, mas estuda outras formas de fidelização. “Claramente, não gostamos da redução de market share que tivemos e estamos correndo atrás”, frisou. Ele disse que a mudança da política de preços da companhia é o melhor para a companhia.

Sobre refino, Parente lembrou que a companhia não possui uma empresa nessa área, o que dificulta. “Refino foi área de maior complexidade que encontramos para entrar num processo de parceria. É muito complexo, mas estamos caminhando para conclusão”, disse. Ele lembrou que a empresa não tem prazo para fechar uma parceria em refino, mas o assunto está sendo discutido.

A data máxima para o leilão de cessão onerosa ocorrer neste ano é até a primeira semana se junho, por conta das eleições em outubro, disse Parente. “Achamos que é factível fazer o leilão”, frisou.

O executivo destacou que a empresa tem o direito de receber na cessão onerosa e que está sendo iniciado um processo de negociação. “É o momento das partes mostrarem suas garras, suas posições. Temos excedente da cessão onerosa, que levará a um resultado positivo para as duas partes”, disse.

O presidente da Petrobras afirmou que já houve a primeira convocação de uma reunião conjunta e que sua percepção é de que as negociações estão caminhando. Ele afirmou que Petrobras tem o direito de explorar cinco bilhões de barris e devolver para o governo apenas após a conclusão. “Isso a gente não consegue fazer só com um campo”, explicou.

Parente afirmou que a empresa pode fazer “um desinvestimento parcial, que seja, na Braskem”. Segundo ele, a expectativa é promover a venda relativa à petroquímica neste ano. “Ainda estamos numa fase preliminar na busca de transformar a Braskem numa corporação, como foi feito com outras empresas”, afirmou o presidente da Petrobras.

Questionado sobre como se daria o negócio, se poderia ser via oferta de ações, o executivo afirmou que não há decisão. “Há espaço aberto para a decisão, à luz do resultado do acordo de acionistas”, disse.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!