Bolsa sobe 11,14%, e dólar cai 3,76% no mês de janeiro – Jornal do Comércio

O Ibovespa encerrou a sessão de negócios desta quarta-feira, com ganhos de 0,51%, aos 84.912,69 pontos. Com isso, fechou janeiro valorizando 11,14% – o melhor resultado para esse mês dos últimos 12 anos. Em 2006, o índice à vista ostentou alta de 14,73% no acumulado do mesmo mês.

Ao fim do pregão, as blue chips desaceleraram os ganhos. Ainda assim, a valorização mensal é significativa. Petrobras ON e PN fecham janeiro acumulando alta de 25,96% e 22,36%, respectivamente. No setor financeiro, Itaú Unibanco PN ganhou 22,78%; Bradesco PN, 20,44%; Banco do Brasil ON, 24,70%; e as units do Santander, 16,57%.

O dólar teve uma sessão volátil – iniciou em baixa e bateu mínimas, com a briga pela formação da Ptax, mas inverteu o sinal à tarde e passou a subir, renovando máximas, com a cautela de investidores antes da decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA). Conforme esperado, a taxa dos Fed Funds foi mantida entre 1,25% e 1,50%. No mês, a moeda recuou 3,76%.

O dólar à vista fechou em alta de 0,32%, a R$ 3,1910. O giro foi de US$ 1,783 bilhão. No mercado futuro, a moeda para março terminou com ganho de 0,06%, a R$ 3,1955. O giro foi de US$ 27,876 bilhões.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!