Lucro da Amazon mais que dobra no 4º trimestre – Jornal do Comércio

A Amazon apresentou lucro líquido de US$ 1,9 bilhão no quarto trimestre do ano passado, o equivalente a US$ 3,75 por ação. Com isso, a companhia apresentou forte avanço em relação aos ganhos do mesmo período do ano anterior e viu seu lucro mais que dobrar. No quarto trimestre de 2016, a companhia havia registrado ganho de US$ 749 milhões, ou US$ 1,54 por ação. Os resultados também vieram bastante acima do esperado por analistas consultados pela FactSet, que previam lucro de US$ 1,88 por ação. Já o impacto da reforma tributária nos Estados Unidos nos resultados da empresa foi de US$ 789 milhões.

As vendas líquidas, por sua vez, aumentaram 38% em relação ao quarto trimestre de 2016, para US$ 60,5 bilhões, enquanto no período entre julho e setembro do ano passado as vendas haviam sido de US$ 43,7 bilhões. Analistas consultados pela FactSet esperavam vendas de US$ 59,75 bilhões. Em todo o ano, as vendas subiram 31% na comparação com 2016, para US$ 177,90 bilhões.

O fundador e diretor executivo (CEO) da Amazon, Jeff Bezos, comentou que as projeções do ano passado para o Alexa, assistente virtual inteligente desenvolvida pela empresa, foram “muito otimistas e nós as ultrapassamos. Nós não percebemos surpresas positivas dessa magnitude muito frequentemente. Chegamos a um ponto importante em que outras empresas e desenvolvedores estão acelerando a adoção do Alexa”. Ele aponta que existem mais de 30 mil habilidades de desenvolvedores externos e que os clientes podem controlar mais de 4 mil dispositivos domésticos inteligentes com o Alexa.

Para o próximo trimestre, a companhia prevê que o lucro operacional ficará entre US$ 300 milhões e US$ 1 bilhão, enquanto as vendas devem oscilar entre US$ 47,75 bilhões e US$ 50,75 bilhões. Com os fortes resultados, as ações da Amazon disparavam 5,39% no after hours em Nova York.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!