Bolsas de Tóquio e Seul recuam com noticiário de balanços, mas chinesas sobem – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta sexta-feira (2), com as do Japão e da Coreia do Sul afetadas pelo noticiário de balanços e as da China se recuperando no fim do pregão, mas ainda acumulando fortes perdas na semana.

O índice sul-coreano Kospi teve queda de 1,68% em Seul hoje, a 2.525,39 pontos, pressionado pela Samsung Electronics, que sofreu um tombo de 4,26% em reação ao balanço da Apple.

Ontem à noite, a Apple divulgou uma pequena redução nas vendas do iPhone nos três meses até dezembro e fez uma projeção desanimadora para o trimestre atual. De qualquer maneira, os resultados gerais da gigante de tecnologia americana superaram as expectativas e sua ação saltou 3,4% nos negócios do after-hours em Nova Iorque.

A Samsung tem sua própria linha de smartphones, mas também produz vários componentes, como chips e telas, e é fornecedora da Apple. “O mercado está preocupado com a incerteza” em torno da perspectiva da Samsung, comentou S.K. Kim, analista da Daiwa Capital Markets.

Em Tóquio, o Nikkei caiu 0,90%, a 23.274,53 pontos, influenciada por balanços negativos da companhia aérea ANA (-4,1%) e do banco de investimento Nomura (-2,9%). Ao longo da semana, o índice japonês acumulou desvalorização de 1,44%.

Na China, o Xangai Composto subiu 0,44%, a 3.462,08 pontos, interrompendo uma sequência de quatro pregões negativos, e o menos abrangente Shenzhen Composto mostrou alta marginal de 0,03%, a 1.821,53 pontos. Na semana, porém, o Xangai teve seu pior desempenho desde dezembro de 2016, com baixa de 2,7%, e o Shenzhen registrou sua maior perda desde o começo daquele ano, com um tombo de 6,6%.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng recuou 0,12% em Hong Kong, a 32.601,78 pontos, e o Taiex cedeu 0,30% em Taiwan, a 11.126,23 pontos, mas o filipino PSEi avançou 0,82% em Manila, a 8.810,75 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul pelo terceiro dia seguido, ajudada mais uma vez por ações de grandes bancos domésticos. O S&P/ASX 200 subiu 0,51% em Sydney, a 6.121,40 pontos, alcançando o maior nível desde 9 de janeiro e acumulando valorização de 1,2% na semana.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!