Bovespa abre em queda com exterior; agentes esperam dado de emprego dos EUA – Jornal do Comércio

A Bovespa iniciou os negócios em queda firme, de mais de 1,0%, em meio a um movimento de realização de lucros de curto prazo engatilhado pela deterioração dos mercados acionários internacionais no período da manhã desta sexta-feira (2). Às 11h22min, o principal índice da Bolsa brasileira recuava 1,37%, aos 84.321 pontos, com ajuste de preço generalizado entre as blue chips.

Em Wall Street, o Dow Jones cedia 0,60% e o S&P 500 operava em baixa de 0,65%.

A expectativa agora é pela divulgação do relatório oficial do mercado de trabalho dos Estados Unidos, o payroll, às 11h30, que pode ajudar a nortear as apostas para a política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) após sinalização de um aperto monetário mais forte no país.

Internamente, gera mal estar, ainda que com impacto limitado sobre os ativos, a percepção de que o governo “jogou a toalha” na busca pelos 308 votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência, que tem votação marcada para dia 19 na Câmara.

Em entrevista ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), o presidente Michel Temer declarou que já fez sua parte em relação à proposta e que ainda avaliará, juntamente com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se o texto será colocado mesmo em pauta após o carnaval.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!