Em dia de pressão externa, dólar sobe para R$ 3,19 – Valor

SÃO PAULO  –  O dólar opera em firme alta na manhã desta sexta-feira, aproximando-se do patamar de R$ 3,20. O comportamento do mercado brasileiro reflete a pressão vinda do exterior em dia de divulgação do relatório de empregos dos Estados Unidos, que baliza as decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

Contra as principais divisas globais, a direção do dólar é para cima. Os emergentes são alguns dos principais alvos desta movimentação: a moeda americana sobe cerca de 0,50% ante peso mexicano, rublo russo e lira turca. A variação mais acentuada vem contra o rand sul-africano, na casa de 1%. O real tem o terceiro pior desempenho diário numa lista de 33 papéis.

Às 10h03, o dólar comecial era negociado a R$ 3,1973, elevação de 0,90%. Na máxima, bateu R$ 3,2058.

O contrato futuro para março, por sua vez, tinha elevação de 1,09%, a R$ 3,2115.

O movimento se estende para os juros futuros. As taxas também voltam a subir nesta sexta-feira, com ajuste também na inclinação da curva. A diferença entre o DI janeiro de 2023 e o DI janeiro de 2019 volta a subir, após três quedas seguidas. Hoje, registra 272,0 pontos-base, ante 267 pontos no fechamento do dia atnerior.

O DI janeiro/2021 subia a 8,890% ante 8,810% no ajuste anterior. Entre vencimentos mais curtos, o DI janeiro/2019 marca 6,820%, de 6,805% no ajuste anterior.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!