Porto Seguro aponta alta da criminalidade e tem lucro trimestral menor – Valor

SÃO PAULO  –  A Porto Seguro informou nesta segunda-feira (5) que teve lucro líquido de R$ 267,7 milhões no quarto trimestre, uma queda de 11% na comparação com o mesmo período de 2016. No resultado fechado de 2017, o lucro foi de R$ 1,098 bilhão, com alta de 20,5%.

As receitas totais avançaram 8,4% no trimestre, na comparação anual, para R$ 4,534 bilhões. Já os prêmios auferidos cresceram 7,8%, para R$ 3,868 bilhões, com destaque para a expansão de 23,7% em Patrimonial. O único produto com queda foi previdência, que recuou 1%.

Já o resultado financeiro caiu 43% no trimestre, para R$ 154 milhões. A rentabilidade trimestral da carteira (excluindo previdência) foi de 1,9% (107% do CDI). O retorno sobre o patrimônio (ROAE) ficou em 15,7%.

O índice combinado de seguros ficou em 94,6% no quarto trimestre, de 96,4% no terceiro e 99,4% no quarto trimestre de 2016. O índice de sinistralidade ficou em 51,2%, a melhor marca trimestral dos últimos dez anos, segundo a companhia.

“A demanda enfraquecida, o aumento da criminalidade em alguns Estados, a forte queda na taxa de juros e o ambiente competitivo acirrado no seguro auto foram fatores desafiadores para a indústria de seguros. Entretanto, conseguimos expandir as nossas receitas em todas as principais linhas de negócio. O lucro evoluiu [em 2017], suportado pela estratégia de expansão geográfica, pela diversificação de produtos e pela nossa disciplina na recomposição de preços, contribuindo para aumentar em três vezes o resultado operacional em relação a 2016”, diz a empresa em nota.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!