Dólar tem volatilidade ante rivais, com investidor atento a mercado de ações – Jornal do Comércio

O dólar oscilou entre ganhos e perdas em relação a outras moedas principais nesta terça-feira (6), à medida que os investidores acompanharam as oscilações dos mercados acionários, que apresentaram recuperação após despencarem na segunda-feira.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar subia para 109,55 ienes, enquanto o euro recuava para US$ 1,2377. Já o índice DXY, que mede a moeda americana contra uma cesta de outras seis divisas fortes, fechou praticamente estável, em alta de 0,03%, a 89,585 pontos.

No início desta terça-feira, investidores continuaram a procurar abrigo após uma queda acentuada no preço das ações ter ajudado o dólar nos últimos dias, interrompendo um declínio que levou a moeda dos EUA a atingir o menor nível desde dezembro de 2014. No entanto, as ações se recuperaram em solo americano, fazendo com que o dólar operasse com volatilidade durante todo o dia.

Embora seja pouco provável que a volatilidade dos mercados impeça o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de elevar as taxas de juros em março, ela pode fazer com que o Banco Central Europeu (BCE) reveja o ritmo que prevê para dar fim ao programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês), disseram analistas da Commonwealth Foreign Exchange, em nota a clientes. O movimento poderia pesar no euro, que subiu mais de 3% em relação ao dólar neste ano em meio a expectativas de que o BCE retire a acomodação de suas políticas em um ritmo mais rápido que o esperado.

Na Chicago Mercantile Exchange (CME), o contrato futuro de bitcoin para fevereiro mostrou recuperação e fechou em alta de 3,99%, a US$ 7.550,00.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!