UE diz que irá examinar compra do Shazam pela Apple – Jornal do Comércio

A aquisição do aplicativo de reconhecimento de músicas Shazam pela Apple pode afetar negativamente a concorrência na Europa, disseram autoridades da União Europeia nesta terça-feira, anunciando que irão examinar a transação.

O movimento se encaixa em uma estratégia mais ampla da UE para examinar mais de perto as fusões envolvendo empresas ricas em dados. A Apple, inicialmente, registrou o acordo com reguladores da Áustria, mas a UE disse que concluiu que os reguladores em Bruxelas eram “a autoridade mais bem colocada para lidar com os potenciais efeitos transfronteiriços da transação”.

Áustria, França, Itália, Suécia e vários outros países da UE solicitaram a Bruxelas que aproveitasse a revisão sobre as preocupações de que o acordo poderia prejudicar a concorrência nos Estados-membros do bloco, bem como impactar o comércio no mercado europeu. A Apple não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!