O ‘crash relâmpago’ deve atrasar emissões – Valor

As emissões brasileiras de dívida externa podem entrar em compasso de espera com a instabilidade dos mercados internacionais observada desde sexta-feira e acentuada com o “crash relâmpago” da segunda-feira. A pausa vem depois de um mês de janeiro muito aquecido para companhias brasileiras, com a oferta de cerca de US$ 8 bilhões em títulos de renda fixa desde o começo do ano, quase um terço do que foi vendido em 2017.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!