Bolsas fecham em alta nos EUA pela segunda sessão seguida após turbulências – Jornal do Comércio

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta pela segunda sessão seguida, com a estabilização dos preços das commodities, num possível sinal de que o mau humor nos mercados tenha começado a se dissipar após duas semanas de tombos em Nova Iorque.

O índice Dow Jones fechou em alta de 1,70%, aos 24.601,27 pontos; o S&P 500 subiu 1,39%, para 2.656,00 pontos; e o Nasdaq avançou 1,56%, encerrando aos 6.981,96 pontos.

Nesta segunda-feira (12) os ganhos foram verificados em todos os setores do S&P 500, com uma alta constante dos índices, sem a volatilidade das últimas duas semanas. Isso deu a alguns investidores a esperança de que a turbulência tenha começado a se dissipar.

O Dow Jones quase apagou as perdas do ano, mas ainda está 7,6% abaixo da máxima em janeiro. Ainda assim, os investidores alertam que a tentativa do mercado de se recuperar pode ser testada na quarta-feira, quando o Departamento do Trabalho dos EUA deve divulgar dados de inflação.

Preocupações de um avanço maior que o esperado nos preços podem fazer com que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) acelere o ritmo de aperto monetário no país, o que tem impulsionado os juros dos títulos da dívida americana no ano.

Novas evidências de inflação podem pressionar ainda mais a demanda por esses títulos, bem como por ações, agitando os mercados novamente depois de um breve período de calmaria.

Hoje, as ações das companhias de energia avançaram, acompanhando a alta do petróleo negociado em Nova Iorque. O setor de energia do S&P 500 ganhou 1,8%. A ExxonMobil viu seus papéis avançarem 0,84% e a Chevron ganhou 0,42%. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!