Feiras viram vitrines para produtos gaúchos – Jornal do Comércio

Centenas de empresas gaúchas terão oportunidade de divulgar seus produtos e fechar negócios em eventos estratégicos para a economia do Rio Grande do Sul em diferentes continentes. O Programa de Apoio à Participação de Empresas Gaúchas em Feiras Internacionais, coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), fechou o calendário de feiras para 2018, com confirmação de pelo menos 15 grandes eventos.

Ao longo do ano, ocorrerão feiras e exposições que abrangem os setores coureiro-calçadista, de tecnologias para saúde, vitivinícola, de alimentos e bebidas, metalmecânico, de vestuário e de tecnologia da informação, entre outros.

O apoio do Estado se dá por meio da contratação total ou parcial de estande coletivo para os expositores participarem dos eventos, que recebem a visita de milhares de clientes – potenciais compradores dos produtos gaúchos. Os demais custos – como passagens aéreas e envio de produtos para expor, por exemplo – ficam por conta das entidades proponentes e das empresas participantes.

O Programa de Apoio à Participação de Empresas Gaúchas em Feiras Internacionais incentiva a diversificação e a abertura de novos mercados, promovendo o aumento da competitividade das empresas gaúchas e proporcionando oportunidades de incorporação de novas tecnologias pelos empreendimentos participantes.

De acordo com o coordenador do programa, Leonardo Holznann Neves, algumas feiras representam possibilidade efetiva de fechamento de negócios. Em outras, os expositores podem apresentar seus produtos, difundir suas marcas e prospectar clientes para futuros contratos. “O Rio Grande do Sul tem vocação exportadora e produtos de alta qualidade que podem ser ofertados em diferentes países. O programa de feiras auxilia a garantir a presença das empresas gaúchas nos locais onde está reunido um público estratégico para os negócios”, avaliou.

De 15 a 18 de janeiro, São Paulo sediou a Couromoda. Ainda nesse mês, o Rio Grande do Sul participou da Feira Arab Health, em Dubai, nos Emirados Árabes, que tratou sobre tecnologias da saúde. Já a IFLS Eici reuniu segmentos ligados ao couro, em Bogotá, na Colômbia. Só nessas três feiras participaram 55 empresas gaúchas.

O próximo grande evento será em março, em Düsseldorf, quando empresas do setor vitivinícola estarão presentes na feira que será realizada na Alemanha.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!