Bolsas europeias fecham em queda com cautela renovada de investidores – Jornal do Comércio

Os principais índices acionários europeus fecharam em queda nesta terça-feira, em meio a um clima de renovada cautela de investidores após a forte liquidação da semana passada. Após se recuperar parcialmente na sessão de ontem, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 0,53%, aos 370,94 pontos.

Preocupações a respeito de sinais de inflação e da alta dos juros nos Estados Unidos continuam rodeando os mercados acionários. Para analistas, a forte recuperação da economia global e os resultados trimestrais positivos das empresas deve continuar a dar suporte aos índices acionários. A recuperação do mercado, no entanto, continua a ser desigual.

“Existe suficiente impulso econômico, mas a volatilidade irá persistir por, no mínimo, cinco semanas”, afirmou Eric Freedman , diretor de pesquisa econômica do U.S. Bank Wealth Management.

Os índices também refletiram a queda dos preços do petróleo, que foi pressionado por um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) mostrando um forte crescimento da produção norte-americana este ano. O movimento deve levar a oferta mundial a ultrapassar a demanda em 2018, disse o documento.

Em Londres, o índice FTSE-100 encerrou em queda de 0,13%, aos 7.168,01 pontos. Em Paris, o CAC-40 caiu 0,60%, aos 5.109,24, na mínima do dia.

Em Frankfurt, o DAX teve baixa de 0,70%, aos 12.196,50 pontos. Em Milão, o TFSE-Mib cedeu 1,35%, aos 22.034,42 pontos.

Em Madri, o Ibex-35 recuou 1,08%, aos 9.669,60 pontos. Em Lisboa, o PSI-20 registrou queda de 0,15%, aos 5.365,45 pontos. (Marcelo Osakabe, com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!