Elevações de juros nos EUA devem ter ritmo igual ao de 2017 – Jornal do Comércio

O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) deve conduzir novos apertos monetários neste ano para acompanhar a perspectiva sólida para a economia, afirmou ontem a presidente do escritório de Cleveland da instituição, Loretta Mester. “Se as condições econômicas evoluírem conforme o esperado, precisaremos de novas altas de juros neste e no próximo ano, em ritmo similar ao visto no ano passado”, afirmou a dirigente. “Esta abordagem gradual é a melhor estratégia para sustentar a expansão e equilibrar os riscos de nosso mandado duplo”, acrescentou.

Mester é membro votante do Comitê Central de Mercado Aberto (Fomc) neste ano. O Fed elevou os juros três vezes em 2017, e indicou que deve fazer o mesmo neste ano. Em comentários recentes, a dirigente expressou que concorda com a perspectiva, mas que gostaria de acelerar o ritmo de altas.

Para a dirigente, o ritmo gradual de altas permite ao Fed responder a desenvolvimentos inesperados e mitigar as chances de que o mercado de ativos se desestabilize. Ela também se mostrou tranquila em relação às idas e vindas do mercado financeiro nos últimos dias. “A negociação continua como esperado, e não houve retração de crédito”, afirmou.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!