Trump considera tarifas à importação de aço e alumínio – Jornal do Comércio

O presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou ontem que considera uma série de opções envolvendo as importações de alumínio e aço, incluindo a imposição de tarifas ou de cotas. O objetivo seria prevenir “dumping” de países, que estaria “penalizando” os produtores norte-americanos.

Dumping é a venda de bens a um preço abaixo do seu justo valor, o que prejudica os concorrentes. Segundo especialistas, o alvo do governo norte-americano seria a China, acusada de criar excesso de capacidade de aço, o que derruba os preços globais do produto.

As declarações foram feitas durante um encontro com grupos bipartidários de senadores e deputados norte-americanos. Alguns deles apoiaram a imposição de restrições, enquanto outros advertiram para o impacto sobre os produtores norte-americanos.

No ano passado, os produtos semifaturados de ferro ou aço foram o quarto maior item das exportações brasileiras aos EUA, somando US$ 1,84 bilhão. Em novembro de 2016, o Brasil entrou com pedido na OMC (Organização Mundial do Comércio) de consultas aos EUA, questionando as sobretaxas norte-americanas aplicadas a exportações brasileiras de aços planos. Em março de 2016, o governo dos EUA havia concluído que várias empresas violaram regras antidumping no mercado de aços planos e decidiu impor tarifas contra produtos de vários países, incluindo os do Brasil. Os EUA alegavam subsídios ilegais concedidos pelo Brasil ao setor siderúrgico. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!