Maduro contraria Opep e diz que país elevou produção em janeiro – Exame

São Paulo – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quinta-feira que o país elevou a produção de petróleo em 250 mil barris por dia (bpd) no começo de 2018, para 1,8 milhão, contrariando os números da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Nesta semana, o cartel publicou relatório mensal no qual mostra que a produção de janeiro da Venezuela caiu 47,3 mil barris por dia, para 1,6 milhão de bpd.

Em coletiva de imprensa, Maduro elogiou o acordo firmado em 2016 entre a Opep e países de fora do cartel para reduzir a produção de petróleo e equilibrar os preços da commodity, segundo o jornal Correo del Orinoco.

Maduro ainda aproveitou a coletiva para responder às ameaças dos Estados Unidos de impor um embargo petroleiro à Venezuela, dizendo que isso “custaria a carreira política de Donald Trump”.

“O embargo anunciado pela imprensa americana e sugerido pelo secretário de Estado, Rex Tillerson, é uma medida ilegal contra o Direito Internacional e inconveniente aos interesses dos Estados Unidos e da Venezuela”, afirmou Maduro.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!