Cobre opera em alta e caminha para semana de ganhos acumulados – Jornal do Comércio

O cobre opera em alta nesta sexta-feira (16), caminhando para uma semana de ganhos em meio a um dólar enfraquecido.

Por volta das 9h50min, o metal para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 0,45%, a US$ 7.221,50 por tonelada, enquanto o cobre com vencimento em março avançava 0,37%, a US$ 3,2580 por libra-peso na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O recuo do dólar para níveis que não eram vistos desde 2014 nesta semana auxiliou as commodities denominadas na moeda americana. Apesar do WSJ Dollar Index, que mede a força da moeda ante outras 16 divisas, estar em alta nesta manhã (16), ele acumula queda de 1,7% nos últimos cinco dias.

Além disso, as negociações na China foram de pouco volume entre os metais básicos, pois o país está celebrando o Ano Novo. Os mercados chineses só voltam ao normal no dia 22 de fevereiro.

Nesta semana, o cobre acumula alta de 7%, mas esses ganhos sucederam as quedas da semana anterior, quando os operadores tiveram de lidar com a ampla volatilidade dos mercados, aumento maior do que o esperado dos estoques de petróleo e uma valorização do dólar.

“Haverá mais volatilidade depois do Ano Novo Chinês. Da próxima semana até março, haverá gerentes de compras medindo os níveis de demanda”, disse Hunter Hillcoat, analista da Investec.

Entre outros metais básicos operados na LME, o zinco caía 0,07%, a US$ 3.579,50 a tonelada; o alumínio subia 0,95%, a US$ 2.174,50 a tonelada; o estanho avançava 0,25%, a US$ 21.635,00; o níquel recuava 1,24%, a US$ 13.975,00 e o chumbo subia 0,23%, a US$ 2.589,00 a tonelada. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!