Paraguai espera fechar “compromisso sério” entre UE e Mercosul – Exame

Na presidência do Mercosul, o Paraguai espera benefícios no campo dos investimentos, na geração de emprego e um maior acesso de nossos produtos agrícolas

Por EFE

access_time 16 fev 2018, 18h52

Assunção – O Paraguai espera que o Mercosul e a União Europeia (UE) fechem em Assunção nas próximas semanas “um compromisso sério e assinado” como acordo político para a conclusão das negociações que concretizem um acordo mútuo de livre-comércio, disse à Agência Efe o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga.

“Quando me refiro a um acordo político, é essa vontade política de dizer “senhores: chegamos a um acordo”, embora isso se traduzirá depois no documento que terá de ser assinado posteriormente”, explicou Loizaga nesta sexta-feira.

Atualmente na presidência temporária do Mercosul, o Paraguai receberá a próxima rodada de negociações com a UE para “limar algumas sensibilidades” sobre as quais ainda se debate a respeito dos setores de bens e industrial, afirmou Loizaga.

Ambos os blocos confirmaram após as últimas negociações realizadas em Bruxelas no final de janeiro que há predisposição e é o momento político adequado para concretizar este acordo, cuja negociação já dura mais de 19 anos.

No entanto, existem vários pontos concretos que ainda continuarão a ser debatidos a partir da próxima segunda-feira em Assunção entre os negociadores dos países sul-americanos e a equipe liderada pela chefe negociadora da UE para o Mercosul, Sandra Gallina.

“Temos que, pelo menos, começar com um acordo que seja equilibrado para ambas as partes e traga benefícios para ambos os setores. Para nós (Mercosul), no campo dos investimentos, a geração de emprego e um maior acesso de nossos produtos agrícolas”, afirmou Loizaga.

O chanceler paraguaio também disse que nas conversas realizadas nos últimos dias com a representante europeia de Agricultura e Comércio, Cecilia Mälmstrom, ambos destacaram o caráter “otimista” que precede a rodada de negociação da próxima semana na capital paraguaia.

UE e Mercosul negociam desde 1999 um amplo acordo de associação que inclui esse tratado comercial, mas as conversas ficaram completamente congeladas entre 2004 e 2010 e só foram retomadas em 2016.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!