Lucro do Agibank, antigo Agiplan, avança 20% em 2017 – Valor

SÃO PAULO  –  O Agibank, novo nome do banco gaúcho Agiplan, obteve lucro líquido de R$ 127,809 milhões no ano passado. O resultado é 19,63% superior ao obtido em 2016.

O banco, que redirecionou o foco para um modelo digital voltado a pessoas físicas, alcançou R$ 957,583 milhões em receitas da intermediação financeira, um salto de 74,39% na comparação anual.

O resultado da intermediação financeira cresceu 81,05%, para R$ 659,268 milhões no ano passado.

As despesas operacionais, no entanto, mais que dobraram, atingindo R$ 453,307 milhões — refletindo principalmente maiores gastos administrativos e com pessoal.

O Agibank encerrou 2017 com um saldo de R$ 1,017 bilhão em sua carteira de crédito, o que representa uma expansão de 86% em 12 meses.

No fim de dezembro, o banco apresentava R$ 1,563 bilhão em ativos e um patrimônio líquido de R$ 346,508 milhões.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado foi de 43% no ano passado, ante 52% em 2016.

Na semana passada, o Valor noticiou que o Agibank tem planos de fazer um IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) para acelerar seu projeto de expansão. A operação poderia movimentar cerca de R$ 800 milhões, segundo fonte do setor financeiro.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!