S&P mantém ratings de crédito da cidade do Rio de Janeiro – Valor

RIO DE JANEIRO  –  A S&P Global Ratings manteve os ratings “BB-” e “B” para as notas de crédito em moeda estrangeira e local, respectivamente, da cidade do Rio de Janeiro. A perspectiva continua estável. A agência de classificação de risco também manteve em “brAA-” o rating em escala nacional da capital fluminense.

Em nota, a S&P ressaltou que no ano passado o Rio de Janeiro continuou a sofrer os efeitos da crise econômica e fiscal do Estado do Rio, com uma queda de quase 5% na arrecadação de impostos e déficits mais elevados que o esperado.

Prudência 

Para a S&P, a estabilidade na nota de crédito do Rio reflete a manutenção na visão sobre o Brasil e a visão de que os responsáveis pelas finanças do município do Rio vão se manter prudentes e com uma liquidez mais que suficiente para cobrir despesas nos próximos 12 meses, a despeito da atual pressão sobre o orçamento.

“Consideramos que a cidade não pode ter um rating maior que o soberano [do Brasil] enquanto estiver operando sob uma estrutura institucional volátil e desbalanceada”, diz a nota divulgada pela S&P, que admite, ainda, que qualquer mudança no rating ou na perspectiva de nota do Brasil nos próximos 12 meses pode afetar os ratings e a perspectiva do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a S&P, os riscos para o rating do Rio passam, além do comportamento do rating do Brasil, pela administração financeira da Prefeitura e os riscos de aumento dos déficts ou liquidez insuficiente para cumprir obrigações, além do enfraquecimento da economia do município.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!