Indicadores da FGV apontam na direção da continuidade da recuperação econômica – Jornal do Comércio

O Indicador Antecedente Composto da Economia (Iace) para o Brasil teve alta de 1,3% em janeiro ante dezembro, para 116,5 pontos, mostra relatório divulgado nesta terça-feira, 20, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o Conference Board.

A pesquisa também aponta que o Indicador Coincidente Composto da Economia (Icce) do Brasil, que mede as condições econômicas atuais, teve crescimento de 0,2% na mesma comparação, para 102,8 pontos.

“O resultado do Icce em janeiro contribui para caracterizar a consolidação do cenário de retomada do nível de atividades na economia brasileira”, afirmou o pesquisador do Ibre, Paulo Picchetti. “Apesar das incertezas ainda existentes em relação ao quadro fiscal, o Iace, através de seus componentes de expectativas, aponta na direção da continuidade desta recuperação”, avalia Picchetti.

Das oito séries componentes do Iace, sete contribuíram com o crescimento, com destaque para o Ibovespa, que registrou alta de 11,1% no mês, informam o Ibre/FGV e o Conference Board.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!