Investimentos crescem 4,2% em dezembro, mas caem 2% em 2017 – Exame

Rio – Os investimentos na economia registraram um avanço considerável na reta final de 2017, mas o resultado fechado do ano ainda ficou no vermelho, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no Produto Interno Bruto) cresceu 4,2% na passagem de novembro para dezembro.

A taxa do quarto trimestre teve elevação de 1,7% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Já o resultado acumulado no ano de 2017 foi de queda de 2%.

No último mês de 2017, o avanço da FBCF refletiu o bom desempenho de seus três componentes. O consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came) subiu 4,2% em dezembro em relação a novembro; o indicador de construção civil registrou alta de 2%, o terceiro resultado positivo consecutivo; e o componente denominado outros ativos fixos teve aumento também de 2,0%.

O consumo aparente de máquinas e equipamentos corresponde à produção industrial doméstica de máquinas e equipamentos, excluídas as exportações e acrescidas as importações. A produção doméstica de bens de capital menos as exportações cresceu 4,5% em dezembro ante novembro, enquanto o volume de importações registrou avanço de 5,6%.

O Indicador Ipea de FBCF tem como objetivo antecipar o resultado da FBCF apurada pelas Contas Nacionais Trimestrais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado oficial do PIB será divulgado pelo IBGE no próximo dia 1º de março.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!