Autonomia do BC não é prioridade da Câmara, diz líder do PSDB – Valor

BRASÍLIA  –  O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Nilson Leitão (MT), afirmou nesta quarta-feira que a discussão sobre a autonomia do Banco Central (BC), que o governo listou como uma das 15 prioridades da agenda legislativa de 2018, não é prioritária para a Câmara e que o partido têm ressalvas sobre a proposta de mandatos para os diretores e presidente da instituição.

“Somos favoráveis à autonomia do Banco Central, mas tem pontos que precisam ser melhor discutidos”, disse. Estabelecer um mandato para os diretores e presidentes do banco, para evitar interferência direta do governo nas decisões, é um desses pontos. “O [ex-presidente] Fernando Henrique Cardoso, na época, demitiu o presidente do BC”, lembra.

Para Leitão, é importante aumentar a regulação sobre o banco, mas esta não é a prioridade do Congresso neste momento. “Tem outras pautas mais importantes para discutir no primeiro semestre”, afirmou.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!