Valor dos imóveis registra alta média de 0,03% em janeiro em nove capitais – Jornal do Comércio

O preço médio dos imóveis residenciais no País teve uma leve alta de 0,03% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado. Nos últimos 12 meses, o preço médio das moradias recuou 0,36%.

Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), cuja pesquisa considera os valores dos imóveis vendidos por meio de financiamento.

A pesquisa mostrou que, em janeiro, cinco das nove capitais cobertas pela pesquisa tiveram alta nominal dos preços. Esses são os casos de Fortaleza (0,32%), Porto Alegre (0,28%), São Paulo (0,09%), Curitiba (0,09%) e Goiânia (0,04%). Nas outras capitais, os preços baixaram, como aconteceu em Salvador (-0,07%), Belo Horizonte (-0,13%), Recife (-0,25%) e Rio de Janeiro (-0,66%).

“Esta heterogeneidade com relação ao desempenho regional revela alguma volatilidade em torno de uma tendência de recuperação ainda muito lenta no estancamento das quedas dos preços nominais dos imóveis residenciais ao longo do País”, afirmou a Abecip. “Esta dinâmica deve continuar ao longo do ano, refletindo um balanço de forças opostas.”

A Abecip pondera que, de um lado, a queda nas taxas de juros, o baixo nível da inflação e alguma recuperação no mercado de trabalho colaboram para uma recuperação potencial do setor. De outro lado, a associação cita as incertezas associadas aos efeitos do adiamento das reformas necessárias para o equacionamento do quadro fiscal e à definição do quadro político.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!