Após seis pregões em alta, Ibovespa sobe com apoio de BB, Petrobras e Nova Iorque – Jornal do Comércio

O Ibovespa abriu em alta nesta quinta-feira (22) e, na última meia hora, renovou máximas, aproximando-se dos 87 mil pontos. Uma série de fatores externos – como a alta dos futuros em Nova Iorque – e domésticos colaboram para mais um dia de valorização, após seis fechamentos positivos.

“Como a cena política doméstica está num impasse, estamos olhando mais os indicadores da economia. E como tem excesso de dinheiro no mundo e, nos EUA e Europa, a rentabilidade é muito baixa, ainda se acredita que virão mais recursos para emergentes, como o Brasil”, diz o gerente da mesa de renda variável da H.Commcor, Ariovaldo dos Santos.

“Na abertura dos papéis na Bolsa brasileira, vimos movimentos fortes”, afirma Santos.

Ele refere-se à alta de mais de 4% das ONs do Banco do Brasil numa reação direta ao surpreendente lucro recorde divulgado nesta quinta-feira. Em relatório, a corretora Elite destacou que BB agradou porque conseguiu “forte controle de despesas operacionais e a forte queda na PDD”.

Outro movimento importante nesse início de pregão, destacado por Santos, foi o dos papéis da Petrobras. A petroleira recupera-se da forte e rápida deterioração dos preços no fim do pregão de quarta-feira.

Depois de passarem a maior parte da sessão na quarta-feira em alta, as ações da petroleira encerraram o dia em queda de mais de 1% após a leitura mais adversa para ativos de risco da ata do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Vale lembrar que, da máxima intraday no meio da tarde à pontuação de fechamento, o Ibovespa perdeu na quarta mais de 1.300 pontos.

Às 10h39min, o Ibovespa subia 0,75% aos 86.696 pontos. Os futuros de Dow Jones e S&P 500 subiam, respectivamente, 0,11% e 0,32%. Na Bolsa brasileira, a ON do Banco do Brasil estava entre as maiores altas da carteira Ibovespa e subia 3,99%. As ações da Petrobras também eram destaque, com +2,10% (ON) e +1,78% (PN).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!