Bolsas da Ásia caem com especulação sobre juros dos EUA, mas China é exceção – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira (22), seguindo o desempenho negativo dos mercados acionários de Nova Iorque, que ontem sofreram novas perdas em meio a incertezas sobre o futuro dos juros nos EUA. Mas os negócios na China foram marcados por fortes ganhos, na volta do feriado do ano-novo lunar.

A queda em Wall Street veio após a interpretação de que a ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), divulgada ontem à tarde, já nasceu “datada”.

No documento, o BC americano afirma que novos aumentos “graduais” de juros serão necessários. No entanto, o último encontro do Fed foi encerrado em 31 de janeiro e, desde então, os indicadores mais recentes dos EUA deram sinais claros de avanço na inflação e de solidez no mercado de trabalho, fatores que favorecem aperto mais agressivo das condições monetárias.

Neste contexto, alguns analistas preveem que o Fed poderá elevar juros em ritmo mais acelerado este ano, provavelmente em quatro ocasiões, e não mais em três, como era cogitado no fim do ano passado.

Em Tóquio, o índice Nikkei caiu 1,07% hoje, a 21.736,44 pontos, à medida que o iene voltou a se fortalecer ante o dólar durante a madrugada e após o juro da T-note de 10 anos ter atingido ontem novas máximas em quatro anos, na esteira da ata do Fed.

Os mercados chineses, por outro lado, subiram com vigor ao reabrirem depois do feriado de uma semana em comemoração ao ano-novo do país. O Xangai Composto avançou 2,17%, a 3.268,56 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto teve alta de 1,89%, a 1.771,97 pontos. A robusta valorização na China já era esperada, uma vez que outras bolsas asiáticas haviam exibido ganhos recentes.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng recuou 1,48% em Hong Kong, a 30.965,68 pontos, enquanto o Taiex caiu 0,49% em Taiwan, a 10.662,38 pontos, o sul-coreano Kospi cedeu 0,63% em Seul, a 2.414,28 pontos, e o filipino PSEi apresentou baixa de 1,14% em Manila, a 8.515,57 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana teve mais um pregão volátil, mas acabou encerrando a sessão com leve ganho. O S&P/ASX 200 subiu 0,12% em Sydney, a 5.959,90 pontos, seu maior nível em mais de duas semanas. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!