Dólar avança ante rivais apoiado por expectativas de inflação nos EUA – Jornal do Comércio

O dólar avançou nesta sexta-feira (23) na comparação com moedas rivais, em meio a expectativas de aceleração da inflação nos Estados Unidos, o que deu apoio à divisa.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar avançava a 106,84 ienes, de 106,69 ienes na tarde de ontem; e o euro recuava para US$ 1,2301, de US$ 1,2325.

Dados econômicos divulgados neste mês mostraram uma aceleração da pressão inflacionária no começo do ano tanto para consumidores quanto para produtores americanos. A economia dos EUA tem “os maiores riscos inflacionários” entre as 10 maiores economias do mundo, de acordo com uma análise do Bank of America.

Autoridades do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) atualizaram suas estimativas para a economia e a inflação na reunião de janeiro, embora não tenham dado um indicativo claro de que estão próximos de acelerar suas projeções para o ritmo de aperto monetário neste ano.

As pressões inflacionárias aumentam as chances de os BCs elevarem os juros, o que atrai mais investidores em busca de rendimentos na moeda.

Na Chicago Mercantile Exchange (CME), o contrato da bitcoin para março fechou em queda de 3,35%, a US$ 9.950,00. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!