Partido Trabalhista britânico vai defender união aduaneira com Europa – Jornal do Comércio

O Partido Trabalhista do Reino Unido vai fazer uma importante mudança em seu programa eleitoral com o objetivo de ampliar a pressão para que o governo da primeira-ministra Theresa May proponha um Brexit “suave” à União Europeia.

De acordo com o conselheiro para o Brexit do Partido Trabalhista, Keir Starmer, a sigla vai passar a advogar pela manutenção de uma união aduaneira com a UE após o Brexit, para tentar minimizar o impacto do divórcio com os europeus na economia britânica.

Segundo relatou à BBC, Starmer disse que os membros do partido vão votar de forma unânime pela proposta da união aduaneira. O líder trabalhista, Jeremy Corbin, deve apresentar detalhes do plano nesta segunda-feira.

A manutenção de uma união aduaneira pode facilitar o comércio com os demais 27 membros da UE após o Brexit. “Esta é a única forma realista de se conseguiu um acesso livre de tarifas ao mercado europeu, o que é fundamental para nossa indústria”, afirmou.

A proposta dos trabalhistas para o pós-Brexit inclui ainda a diminuição das tensões com a Irlanda. A ideia é deixar de lado o plano de uma “fronteira dura” com a Irlanda do Norte.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!