Embraer reitera que não há definição de estrutura em eventual negócio com Boeing – Jornal do Comércio

A Embraer volta a dizer que avalia possibilidade de negócio com a Boeing, mas que até o momento não há definição sobre a estrutura nem os percentuais de participação para cada parte na eventual combinação. O posicionamento vem em resposta à notícia veiculada em 25/02 do jornal O Globo, de que a empresa americana ficaria com participação de 51% da nova companhia de jatos comerciais e a Embraer, com 49%, o que teria sido uma exigência do governo brasileiro.

A Embraer lembra que há um grupo de trabalho formado pelas partes e também com participação do governo brasileiro. “A Embraer reitera que não há garantia de que a referida combinação de negócios venha a se concretizar. Quando e se definida a estrutura para combinação de negócios, sua eventual implementação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias”, diz, no comunicado de resposta a ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!