Estoque total de crédito cai 0,8% em janeiro ante dezembro, diz BC – Jornal do Comércio

O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro caiu 0,8% em janeiro ante dezembro, para R$ 3,066 trilhões, informou nesta terça-feira (27) o Banco Central (BC). Em 12 meses, houve baixa de 0,3%. Em janeiro ante dezembro, houve expansão de 0,5% no estoque para pessoas físicas e queda de 2,3% para pessoas jurídicas.

De acordo com o BC, o estoque de crédito livre caiu 1% em janeiro, enquanto o de crédito direcionado recuou 0,5%. No crédito livre, houve alta de 0,8% no saldo para pessoas físicas no mês passado. Para as empresas, o estoque caiu 3,2% no período. O BC informou ainda que o total de operações de crédito em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) passou de 47,1% em dezembro para 46,6% em janeiro.

O estoque das operações de crédito direcionado para habitação no segmento pessoa física cresceu 0,2% em janeiro ante dezembro, totalizando R$ 565,983 bilhões, informou o Banco Central. Em 12 meses até janeiro, o crédito para habitação no segmento pessoa física subiu 5,4%.

Já o estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física avançou 1,1% em janeiro ante dezembro, para R$ 151,536 bilhões. Em 12 meses, houve aumento de 5,5%.

O endividamento das famílias brasileiras com o sistema financeiro ficou em 41% em dezembro, ligeiramente inferior aos 41,3% observados em novembro, informou o Banco Central. Se forem descontadas as dívidas imobiliárias, o endividamento passou de 23% para 23,8% no período.

O cálculo do BC leva em conta o total das dívidas dividido pela renda no período de 12 meses. Além disso, incorpora os dados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (Pnad) contínua e da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), ambas do IBGE.

Segundo o BC, o comprometimento de renda das famílias com o Sistema Financeiro Nacional (SFN) passou de 20,1% de novembro para 19,9% em dezembro. Descontados os empréstimos imobiliários, o comprometimento da renda foi de 17,6% para 17,4% no período.

O saldo de crédito para as empresas do setor de serviços caiu 2,6% em janeiro ante dezembro, para R$ 698,234 bilhões, informou o Banco Central. A indústria apresentou baixa de 1,8%, para R$ 660,758 bilhões, e a agropecuária registrou retração de 1,6%, para R$ 21,982 bilhões.

No caso do crédito para pessoa jurídica com sede no exterior e créditos não classificados (outros), a baixa no saldo foi de 6,3% em janeiro ante dezembro, para R$ 27,418 bilhões.

O saldo de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas recuou 1,7% em janeiro ante dezembro, somando R$ 478,521 bilhões, informou o Banco Central. Em 12 meses, a queda acumulada é de 11,8%. Em janeiro, houve recuo de 6,2% nas linhas de capital de giro, baixa de 1,6% no financiamento de investimento e redução de 2,0% no financiamento agroindustrial.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!