Ibovespa faz pausa após nove pregões em alta e cede à correção – Valor

SÃO PAULO  –  Depois de nove pregões em alta sequencial, o Ibovespa fez uma pausa nos ganhos e cedeu à realização de lucro dos investidores. O movimento é considerado natural por operadores e analistas e é esperado conforme o mercado alcance novos patamares.

Após ajustes, o Ibovespa caiu 0,82%, aos 86.935 pontos, depois de atingir a mínima intradia nos 86.613 pontos. O volume negociado foi de R$ 8,2 bilhões.

O movimento nos ativos brasileiros de renda variável foi estimulado pelas baixas nas bolsas americanas. Em Wall Street, o S&P 500 registrou a maior queda diária desde 8 de fevereiro, em meio ao “crash relâmpago” que atingiu os mercados globais, e encerrou na mínima do dia.

Um elemento que serviu de argumento para os investidores ajustarem posições na renda variável global foram os comentários do novo presidente do Federal Reserve (Fed, BC americano), Jerome Powell. As observações do dirigente sobre o curso da alta de preços na economia dos EUA instigam o debate sobre o aperto monetário no país e pesam sobre as bolsas.

O movimento de correção atingiu diversos ativos, entre eles os mais líquidos e de maior peso no Ibovespa, como Petrobras PN (-0,09%), Petrobras ON (-0,26%), Vale ON (-0,15%) e Itaú Unibanco (-1,49%).

O segundo maior giro do dia ficou com a CCR ON (+3,30%), que se recuperou do tombo dos últimos dois dias depois de notícias de que a empresa teria sido citada em delação do empresário Adir Assad na operação Lava-Jato. O volume negociado pelo papel foi de R$ 856,5 milhões hoje, contra R$ 567,5 milhões ontem.

Apesar da queda de hoje, o Ibovespa ainda conta com importantes perspectivas de altas, especialmente depois que conseguiu romper a marca dos 87.358 pontos no fechamento e tocar a máxima histórica no nível dos 88 mil pontos.

“O Ibovespa está com caminho livre para subir em direção aos próximos objetivos em 89.000 e 94.000 pontos”, afirma o Itaú BBA, em relatório. Abaixo desses patamares, destaca o banco, o índice encontra suportes em 87.200 pontos e 86 mil pontos, mas ambos ainda garantem tendência positiva ao mercado local de bolsa.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!